Venda de 20 aviões acabou cancelada

Em 28 de fevereiro deste ano, a Força Aérea dos Estados Unidos (Usaf) cancelou a decisão de comprar 20 aviões A-29 Super Tucano da Embraer, a serem destinados ao Afeganistão. O contrato de compra - no valor de US$ 355 milhões - havia sido anunciado no fim de 2011. Embora justificada por "problemas de documentação", a decisão de cancelar a compra foi motivada sobretudo pela pressão política da oposição republicana e de políticos do Estado de Kansas, onde está instalada a sede da Hawker Beechcraft, a rival americana da Embraer derrotada na escolha da aeronave.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.