Paraíba Já
Paraíba Já

João Azevedo é eleito governador da Paraíba em primeiro turno

Candidato do PSB tem 58% dos votos válidos, com mais de 90% das urnas apuradas, e está matematicamente eleito; Lucélio Cartaxo (PV) ficou em segundo

Janaína Araújo, especial para o Estado

07 Outubro 2018 | 18h24
Atualizado 07 Outubro 2018 | 23h45

JOÃO PESSOA - O candidato do PSB, João Azevedo, foi eleito neste domingo (7), governador da Paraíba. Com 100% das urnas apuradas, João Azevedo teve 58,18% dos votos, mais de um milhão de votos. O segundo colocado, Lucélio Cartaxo (PV), teve 23,41%.

Em terceiro lugar, com 17,44% ficou o candidato do MDB, o senador José Maranhão. Seguido do candidato Tárcio Teixeira (PSOL), 0,81% e Rama Dantas (PSTU), 0,16%. Os votos brancos somam 4,67% (113.634) e os nulos 16,31% (397.288). Abstenções somaram 15,04%.

João Azevedo Lins é engenheiro, professor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e dará continuidade a gestão do governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), que conseguiu eleger o seu sucessor e derrotar o candidato ao senado, Cássio Cunha Lima (PSDB), que não conseguiu ser reeleito.

João Azevedo está na gestão pública desde 1980. Foi secretário da Infraestrutura de João Pessoa. Por último, em 2011, assumiu a Secretaria de Recursos Hídricos do governo do Estado.

Com 3,9 milhões de habitantes, segundo o Censo 2013, a Paraíba tem uma economia diversificada, com destaque para o setor de comércio e serviços e também nas indústrias alimentícia, têxtil, couro, calçados e sucraalcooleira.

Contra a 'velha política'

João Azevedo (PSB) agradeceu aos eleitores a vitória e disse que "a prática da velha política" na Paraíba foi enterrada, referindo-se à derrota do cacique político do Estado, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que não conseguiu a reeleição. O candidato Lucélio Cartaxo (PV), irmão gêmeo do prefeito da Capital Luciano Cartaxo, ficou em segundo lugar, com 23,39% dos votos.

Lucélio contava com o apoio de Cássio Cunha Lima. João Azevedo também enfrentou o ex-senador José Maranhão (MDB), que obteve 17,44% dos votos.

"Nossa celebração é escancarada. Eu era apenas considerado um desconhecido engenheiro que não sabia fazer política. A resposta é que fiz uma campanha limpa e a Paraíba evoluiu. Quem comandou toda a evolução foi o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho. Vamos continuar o projeto político do PSB. As pessoas querem a continuidade e uma gestão honesta", disse João Azevedo.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) disse que a prioridade agora é fazer uma grande frente democrática em defesa da vida democrática do País. "Não será apenas por Fernando Haddad (PT), mas pela democracia. Vamos nos unir para enfrentar um mal maior e estamos fortes para enfrentá-lo", avisou.

Ricardo Coutinho afirmou que está alegre pelo resultado "espetacular" do primeiro turno. "Estamos felizes por terminar o governo e entregar a gestão para as mãos honestas de João Azevedo, que defende um projeto coletivo e não individual. Foi uma vitória espetacular e a derrota do adversário é resultado daqueles que se apegam ao poder econômico", disse Ricardo Coutinho.

Mais conteúdo sobre:
eleições 2018 Paraíba [estado]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.