Um ministério problemático

O Ministério do Turismo é uma das pastas que foram alvo de denúncias na gestão Dilma Rousseff. Em agosto, a Operação Voucher, da Polícia Federal, derrubou a cúpula do ministério, prendendo 38 pessoas acusadas de desviar recursos públicos. Na época quem comandava a pasta era Pedro Novais, que deixou o cargo um mês depois, acusado de várias irregularidades, como nomeação de apadrinhados e uso de verba pública para fins pessoais, entre elas contratar um servidor da Câmara como motorista de sua mulher. Antes de assumir o cargo, o Estado revelou que ele pagou a conta de um motel, em São Luís (MA), com verba pública. O ministério, liderado agora por Gastão Vieira, continua enfrentando denúncias, como a de fevereiro deste ano, que revelou supostos convênios irregulares do ministério com ONGs.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.