Tucano responde a crítica de Campos feita a seu governo

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso respondeu ontem à crítica que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), fez anteontem à gestão tucana na economia do País.

O Estado de S.Paulo

13 de março de 2014 | 02h04

"Não dá para botar tudo isso (atuais problemas econômicos) debaixo do tapete, como se fez durante o Plano Cruzado (governo Sarney) e depois ver o pipoco em cima do povo; como se fez no final do primeiro governo Fernando Henrique e, quando passou a reeleição, explodiu o problema", disse o pré-candidato do PSB à Presidência em Pernambuco, referindo-se à forte desvalorização do real ocorrida após FHC vencer as eleições de 1998.

Naquela época, o governo segurou a desvalorização da moeda, tida como inevitável no meio econômico, para não prejudicar o projeto reeleitoral do tucano.

"Não acredito que Eduardo Campos pense assim, pois o quadro econômico é sempre muito mais complexo. De qualquer jeito, vamos estar juntos no segundo turno, nos apoiando. Eu torço para que ele apoie o nosso candidato, Aécio Neves", respondeu FHC em entrevista concedida em São Paulo, no evento de comemoração dos 20 anos do Plano Real.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.