Tucano responde a crítica de Campos feita a seu governo

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso respondeu ontem à crítica que o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), fez anteontem à gestão tucana na economia do País.

O Estado de S.Paulo

13 de março de 2014 | 02h04

"Não dá para botar tudo isso (atuais problemas econômicos) debaixo do tapete, como se fez durante o Plano Cruzado (governo Sarney) e depois ver o pipoco em cima do povo; como se fez no final do primeiro governo Fernando Henrique e, quando passou a reeleição, explodiu o problema", disse o pré-candidato do PSB à Presidência em Pernambuco, referindo-se à forte desvalorização do real ocorrida após FHC vencer as eleições de 1998.

Naquela época, o governo segurou a desvalorização da moeda, tida como inevitável no meio econômico, para não prejudicar o projeto reeleitoral do tucano.

"Não acredito que Eduardo Campos pense assim, pois o quadro econômico é sempre muito mais complexo. De qualquer jeito, vamos estar juntos no segundo turno, nos apoiando. Eu torço para que ele apoie o nosso candidato, Aécio Neves", respondeu FHC em entrevista concedida em São Paulo, no evento de comemoração dos 20 anos do Plano Real.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.