Tucano reconhece derrota em Osasco e petistas comemoram

Celso Giglio disse a militantes que não haveria como reverter a vantagem do atual prefeito Emídio

Fábio Mazzitelli, do Jornal da Tarde,

05 de outubro de 2008 | 22h28

O candidato do PSDB à Prefeitura de Osasco, o ex-prefeito Celso Giglio, reconheceu a derrota ainda no primeiro turno para o atual prefeito, o petista Emídio. Segundo a assessoria do candidato, ele teria dito "Não era essa a notícia que eu gostaria de dar para vocês, mas infelizmente é o que aconteceu". Ele tomou como base uma apuração paralela que o PSDB fez tomando como base os boletins de urnas. Paralelamente a isto os militantes petistas tomaram as ruas de Osasco em carreata. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), com 66, 27 % das urnas apuradas, Emídio tem 51,02% e o tucano, 30,29%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.