Tucano entra com processo contra autor de 'Privataria'

No fim do mês passado, o ex-governador e pré-candidato tucano à prefeitura de SP, José Serra, entrou com ação judicial contra o jornalista Amaury Ribeiro Jr. e a Geração Editorial, responsáveis pela publicação do livro A Privataria Tucana, que aponta supostos casos de desvios de recursos durante gestão na Presidência de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). Serra, que foi ministro do Planejamento naquele período, se diz vítima de falsas acusações. "Espero que ele seja punido", disse ontem o tucano.

O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2012 | 03h00

O advogado do ex-governador, Ricardo Penteado, pede para seu cliente uma indenização por dano moral calculada a partir do volume de vendas do livro.

Durante a campanha de 2010, Amaury foi indiciado por envolvimento na quebra do sigilo fiscal de parentes de Serra e pessoas ligadas ao PSDB. A reportagem não conseguiu localizar o jornalista para comentar a ação. / B.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.