Tucano conta com claque oficial de apoio

O governador Marconi Perillo arrastou para a CPI uma legião de apoiadores, boa parte deles funcionários de seu governo. Em clima de programa de auditório, a claque aplaudia o tucano a cada lance favorável à sua versão e vaiava quem o criticava - o que levou o presidente da comissão, Vital do Rêgo (PMDB-PB), a pedir silêncio. Além de ex-cabos eleitorais, prefeitos e vereadores, compunham a claque militantes e líderes comunitários.

BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

13 de junho de 2012 | 03h06

Assistente de gabinete na Secretaria da Casa Civil, Ana Paula Souza, de 26 anos, contou que vários setores do governo elencaram quem poderia tirar folga hoje. "Fomos liberados. Não sei se o governador sabe disso, mas o chefe do setor sabe", relatou ela, dizendo ter viajado de Goiânia a Brasília por "gratidão" a Perillo.

Ana Paula embarcou com mais 27 pessoas num coletivo providenciado pelo presidente da Federação Goiana das Associações dos Moradores, Sebastião da Paz, que ocupa cargo comissionado na Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana. Ao Estado, Paz classificou a viagem como "espontânea" e negou qualquer orientação vinda do governo. E assegurou que o aluguel do veículo seria rateado pelos passageiros, embora muitos não soubessem dizer quanto pagariam. Após a oitiva de Perillo, o tucano saiu aplaudido pela claque. / A.R., E.L. e F.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.