TSE registra 2,5 mil ocorrências nas eleições no País

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Caputo Bastos, informou que até às 16h30 foram registradas 2,511 mil ocorrências de irregularidades nas eleições municipais. Segundo os dados do TSE, 441 pessoas foram presas por prática de boca-de-urna, sendo 63 candidatos. No total, considerando as diferentes ocorrências, 101 candidatos foram presos, número considerado pequeno por Caputo Bastos em relação ao total de postulantes. Mas ele ressaltou que o ideal era que não houvesse ocorrências por parte dos candidatos, que deveriam dar exemplo.O maior volume de ocorrências de irregularidades ocorreu nos Estados de Pernambuco (303) e Rio Grande do Sul (163). Bastos relatou que em Goiânia, capital de Goiás, houve um problema de incompatibilidade do cartão de memória com urnas antigas, de 1998, que atingiu 60 urnas naquela cidade. O ministro informou que até as 16h30 apenas cinco seções em todo o País tiveram que fazer a votação manual. "A situação é absolutamente tranqüila", disse Caputo Bastos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.