TSE libera sites de jornais para publicar opiniões em eleição

Tribunal alterou dois parágrafos da resolução que restringia propaganda e opinião na internet no período

Mariângela Gallucci, de O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2008 | 19h06

Os sites de jornais e revistas na Internet estão liberados para veicular opiniões favoráveis e contrárias a políticos durante o período eleitoral. O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu nesta sexta-feira, 17, que a legislação eleitoral proíbe a divulgação de opiniões nos provedores de internet e nos sites de emissoras de rádio e televisão. Mas não nos sites de veículos impressos.   Leia a matéria completa na edição deste sábado, 18, de O Estado de S.Paulo Veja Também:Você concorda com a decisão do TSE  Entenda o que mudou na resolução  Tire suas dúvidas sobre as eleições  O TSE decidiu fazer uma mudança em uma das resoluções do tribunal sobre as eleições. A iniciativa do TSE de modificar a resolução foi tomada depois que o jornal O Estado de S. Paulo e a Agência Estado protocolaram uma ação no tribunal questionando as vedações impostas aos sites.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2008sitesresoluçãoTSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.