TRE-RJ diz que é governador quem deve pedir tropas federais para eleições

Desembargador Bernardo Garcez afirma que é responsabilidade de Luiz Fernando Pezão segurança do pleito

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

27 de agosto de 2014 | 20h18

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), desembargador Bernardo Garcez, afirmou nesta segunda-feira que cabe ao governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) pedir ao Tribunal que sejam acionadas tropas federais para garantir as eleições de outubro.

"A responsabilidade constitucional da segurança da população é do governador, que deve se expressar com clareza", disse. A possível convocação de tropas federais é uma proposta do desembargador eleitoral Fábio Uchôa e do Ministério Público Eleitoral, que se reuniram com integrantes da Secretaria Estadual de Segurança.

"Determinei que o ofício fosse entregue no gabinete do governador, pois a resposta sobre segurança dos eleitores não pode ser de um subalterno", afirmou Garcez. Ele acredita que Pezão vai se manifestar a tempo de a decisão sobre as tropas ser discutida pelo TRE-RJ na próxima quarta-feira. 

Mais conteúdo sobre:
EleiçõesTREPezão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.