Toffoli confirma tentativa de ataque ao sistema do TSE, mas diz que não houve invasão

Presidente do Tribunal Superior Eleitoral destacou que tentativas desse tipo acontecem cotidianamente; hackers tentaram entrar no sistema de comunicação

Ricardo Britto, O Estado de S. Paulo

04 de outubro de 2014 | 11h47

 Brasília - O presidente Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, confirmou na manhã deste sábado (4) que houve uma tentativa de ataque ao sistema tecnológico da Corte. Contudo, o ministro disse que os hackers não chegaram a invadir o sistema. "Acontece cotidianamente (a tentativa de invasão), mas não chegaram a a entrar no sistema do TSE porque exatamente o nosso sistema de defesa fez a proteção", disse ele, em entrevista coletiva após a cerimônia para verificação do sistema que gerencia a totalização dos resultados das urnas eletrônicas.

Dias Toffoli destacou que a tentativa de invasão não ocorreu no sistema de totalização dos votos. A assessoria de imprensa do TSE esclareceu que a ação ocorreu no sistema de comunicação entre o TSE e os tribunais regionais eleitorais (TREs). O ministro disse ainda que há uma rede "enorme" de defesa contra esse tipo de invasão. "Quando começa a atacar o sistema, ele tem uma proteção", disse.

A notícia da tentativa de invasão foi publicada hoje na coluna Panorama Político, do jornal O Globo. Segundo a publicação, a tentativa ocorreu há duas semanas e foram feiras 200 mil tentativas de acesso por segundo.

Com a presença de Toffoli, do vice-procurador-geral Eleitoral, Eugênio Aragão, e de representantes de partidos políticos, como o PT, o PSB e o PRB, o TSE realizou uma cerimônia nesta manhã para garantir a segurança do sistema de votação eletrônico. A solenidade teve por objetivo avaliar se os sistemas que recebem os arquivos das urnas eletrônicas são idênticos aos de uma etapa anterior, realizada no dia 4 de setembro, quando houve a assinatura digital e a lacração dos sistemas.

O presidente do TSE afirmou que a eleição é segura. "A eleição é segura e aqui nós fizemos a verificação junto a todos os Tribunais Regionais Eleitorais do sistema de totalização dos votos e de gerenciamento dos votos", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesTSEToffoli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.