Temer passa bem após cirurgia de retirada da vesícula

O vice-presidente da República, Michel Temer, foi submetido ontem de manhã, no Hospital Alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo, a uma cirurgia para retirada da vesícula. Um boletim médico distribuído à tarde informava que seu estado de saúde era bom.

O Estado de S.Paulo

04 de janeiro de 2012 | 03h06

Segundo a assessoria da Vice-presidência, Temer descobriu cálculos na vesícula após exames de rotina aos quais se submeteu em dezembro. Ele deve ficar mais dois ou três dias de repouso no hospital e, provavelmente, mais alguns em São Paulo, devendo retornar a Brasília na próxima segunda-feira. / D. C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.