André Dusek/Estadão
André Dusek/Estadão

Supremo Tribunal Federal abre processo contra três deputados

Ministros aceitam denúncia do MPF contra João Lyra (PSD-AL), Paulo César Justo Quartiero (DEM/RR) e Oziel Oliveira (PDT-BA)

Mariangela Galucci, O Estado de S. Paulo

09 de setembro de 2014 | 19h20


BRASÍLIA - Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram nesta terça-feira, 9, abrir processos criminais contra três deputados federais: João Lyra (PSD-AL), Paulo César Justo Quartiero (DEM/RR) e Oziel Oliveira (PDT-BA). Os ministros aceitaram as denúncias do Ministério Público Federal contra os três parlamentares. João Lyra foi acusado de crime contra o patrimônio da União. Quartiero é suspeito de crime de responsabilidade por meio de suposto desvio de bens ou rendas públicas na época em que exerceu o cargo de prefeito de Pacaraima (RR). Já Oziel foi acusado de envolvimento com boca de urna na eleição de 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.