Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Suplente não deve herdar comissões e relatoria de petista

Suplente da ministra Marta Suplicy (PT), que se licenciou do Senado para assumir a Cultura, o vereador Antonio Carlos Rodrigues (PR) não vai herdar automaticamente os cargos nas comissões permanentes nem os projetos relatados pela petista.

O Estado de S.Paulo

14 de setembro de 2012 | 10h09

Esta era uma das apreensões de Marta, que vinha sendo a relatora do projeto que criminaliza a homofobia. Ligado à Igreja Católica, "Carlinhos", como Rodrigues é conhecido, é adversário de várias bandeiras de Marta, como liberação do aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo. O temor do PT, no entanto, é que, com esse tipo de decisão, fique mais difícil o apoio do PR a Fernando Haddad, caso ele vá ao segundo turno em São Paulo.

Ontem, Marta disse que a escolha do suplente foi "decisão partidária". A senadora Lídice da Mata (PSB-BA), é cotada para substituí-la na relatoria do projeto na Comissão de Direitos Humanos. / EUGÊNIA LOPES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.