Foto: Prefeitura de Sorocaba
Foto: Prefeitura de Sorocaba

Sorocaba: Justiça barra candidatura de ex-prefeito cassado

José Crespo, que concorre a vereador, sofreu um impeachment no ano passado por supostas irregularidades na contratação de voluntários. Ele sempre disse ser inocente

José Maria Tomazela, Sorocaba

27 de outubro de 2020 | 19h56

SOROCABA – O ex-prefeito de Sorocaba, José Crespo (DEM), cassado pela Câmara Municipal em 2019, teve a candidatura a vereador nas eleições de novembro indeferida pela Justiça Eleitoral. O juiz Emerson Tadeu Pires de Camargo considerou que Crespo está inelegível após perder seu cargo eletivo por infringir dispositivo da Lei Orgânica do Município. A defesa de Crespo entrou com recurso nesta terça-feira, 27, e ele continua em campanha.

O então prefeito, que sempre alegou ser inocente, foi cassado por supostamente ter contratado serviço de voluntários para a prefeitura de forma irregular. A vice, Jaqueline Coutinho (PSL), assumiu a prefeitura e concorre à reeleição. Conforme a decisão do juiz, o político figura como inelegível até 2028.

O ex-prefeito, que também foi vereador e deputado estadual, é um dos 36 candidatos à Câmara de Sorocaba, de um total de 615 candidaturas, que tiveram os registros indeferidos. Um outro caso indeferido foi o de um candidato que cumpriu pena por receptação e responde a processo por furto, estando inelegível até 2028.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.