Sob pandemia, candidatos dão prioridade a contato com eleitores em Sorocaba

Campanha começa com visita a feiras e a bairros da cidade, caminhadas em parque e reuniões com apoiadores

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

26 de setembro de 2020 | 13h00

SOROCABA – Apesar da pandemia do coronavírus, os quatro principais candidatos à prefeitura de Sorocaba iniciam a campanha, neste domingo, 27, em contato presencial com o eleitorado. As assessorias afirmam que todos os cuidados sanitários serão tomados, como o uso de máscara e álcool em gel, além do distanciamento recomendado. A campanha eleitoral é a primeira na história política recente com o País em situação de pandemia.

Candidato do Republicanos, o vereador Rodrigo Manga abre a campanha para prefeito com caminhada, às 10h30, no Parque das Águas, uma das principais áreas de lazer da cidade. Às 15 horas, Manga visita o bairro do Éden, no extremo nordeste do município, junto à zona industrial. Segundo a assessoria, os dois eventos serão cercados de cuidados para evitar aglomerações e os participantes usarão máscaras.

A candidata do PSDB, Maria Lúcia Amary, terá uma maratona de reuniões com moradores de bairros na estreia da campanha. Desde a manhã, ela participará de reuniões presenciais nos bairros Jardim Paulistano, Jardim Zulmira e Júlio de Mesquita, em diferentes regiões da cidade. Ainda no domingo, fará uma visita à Vila Barão, um bairro tradicional que possui também núcleos com população vulnerável. As ações serão cercadas de cuidados devido à pandemia, segundo a assessoria.

Raul Marcelo, candidato do PSOL, visita uma feira livre de manhã em bairro da zona norte da cidade e, à tarde, reúne-se com moradores da região do Cajuru, extremo leste de Sorocaba. “Em 20 anos de vida pública nunca pensei em passar por uma campanha eleitoral em meio a uma pandemia”, disse. Conforme Raul, ele agora retoma as visitas presenciais, mas seguindo os protocolos de segurança sanitária. “Máscara facial, álcool em gel, distanciamento social e sem aglomeração. Respeitamos as recomendações da Organização Mundial de Saúde”, disse.

Para Entender

Calendário Estadão

As datas, definições partidárias, candidaturas e a cobertura especial do jornal das campanhas pelo País e nos Estados Unidos

A candidata do PSL, a atual prefeita Jaqueline Coutinho, começa o dia em visitas à feiras livres, a partir das 9h. A cidade está na fase amarela do Plano São Paulo, mas as feiras já vinham funcionando desde abril. Às 18 horas, o primeiro dia de contato com os eleitores será encerrado com visita ao bairro Jardim Iguatemi, na zona leste.

Renan Santos, candidato a prefeito pelo PDT, fará três reuniões com apoiadores no domingo. “Por conta da pandemia, o candidato optou por fazer pequenos encontros com líderes comunitários e candidatos a vereador em suas residências”, informou a assessoria. O candidato do DEM, médico Leandro Fonseca, irá de manhã ao bairro Vila Hortência, para se encontrar com apoiadores na feira popular do bairro. Às 19h30, ele e seu vice, Fernando Baddini, fazem live em rede social para discutir suas propostas com eleitores.

Também procurada pela reportagem, a assessoria do candidato Carlos Pépper, do Solidariedade, informou que a agenda só seria definida neste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.