'Só Deus sabe' o horário da divulgação do resultado das eleições, diz presidente do TSE

'Só Deus sabe' o horário da divulgação do resultado das eleições, diz presidente do TSE

Segundo Toffoli, às 20 horas, após o encerramento das eleições no Acre, serão abertos os telões com os dados da apuração

Laís Alegretti, O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2014 | 11h17

BRASÍLIA - O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Dias Toffoli, afirmou que "só Deus sabe" em qual horário do domingo será conhecido o resultado da eleição presidencial. Toffoli disse que às 20 horas, após o encerramento das eleições no Acre, serão abertos os telões com os dados da apuração. "Ninguém sabe, só Deus sabe que horas estará somado no computador", disse, em referência ao resultado final.

Toffoli confirmou que haverá sessão do TSE às 12 horas deste sábado, mas afirmou não saber se foi incluído na pauta o pedido de resposta do Partido dos Trabalhadores em relação à reportagem da revista Veja. "Analisaremos qual é o pedido, eu nem sei qual é", disse, sem informar qual tipo de punição caberia. 

Da mesma forma que fez antes do primeiro turno, o TSE realizou na manhã deste sábado a conferência do sistema de totalização da apuração das eleições de 2014. Na prática, a intenção é certificar que não há risco de fraude. "É a garantia de que aquilo que foi votado na urna eletrônica é o que está totalizado. Além disso, logo que se encerra a urna, emite-se boletins de urnas que são entregues aos fiscais do partidos, que podem fazer conferência", explicou Toffoli.

Os técnicos do TSE fizeram a conferência das assinaturas eletrônicas que estão nos sistemas de programação e de transferência de dados das urnas para os tribunais regionais e dos tribunais regionais para o TSE. "Tudo ocorreu perfeitamente, sem problemas", disse Toffoli. 

Biometria. O presidente do TSE informou ainda que alguns equipamentos de identificação biométrica no Distrito Federal foram trocados e, em Niterói (RJ), foi enviada uma equipe do TSE para orientar melhor os mesários. "Temos certeza que problemas identificados no primeiro turno já foram saneados", disse. 

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõesDias ToffoliTSE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.