Serra vê quadro sucessório 'mutante'

O ex-governador José Serra (PSDB) disse ontem que considerou "satisfatório" seu desempenho na pesquisa Datafolha divulgada sábado sobre a intenção de voto para a eleição presidencial de 2014, em que aparece com 14%.

Pedro Venceslau, O Estado de S.Paulo

13 de agosto de 2013 | 02h09

Mas reclamou de ter dividido o questionário com Joaquim Barbosa, presidente do Supremo Tribunal Federal, que teve 11%. "Independente de eu ser candidato ou não, foi a primeira vez que introduziram meu nome em uma pesquisa. Curiosamente, quando eu entro colocam um candidato a mais. Isso dificulta a comparação com os outros", disse o tucano em entrevista à Rádio Jovem Pan.

Serra ponderou que, nesse momento, a evolução das pesquisas mostra um quadro sucessório "mutante" e reclamou da antecipação do debate eleitoral. Questionado se pretende deixar o PSDB para disputar a Presidência, deixou as portas abertas para essa hipótese. "Ainda é muito cedo para isso. Em nenhum lugar do mundo se antecipa tanto o debate eleitoral. Estou preocupado em discutir o Brasil."

No fim do dia, o ex-governador usou uma palestra na Associação Comercial de São Paulo para criticar o governo Dilma Rousseff.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.