Serra se nega a responder questão sobre 'kit gay'

Instado a falar ontem sobre a polêmica do "kit gay", o candidato José Serra (PSDB) disse que não responderia a perguntas relacionadas ao assunto. Sua equipe acredita que o debate, que voltou à pauta no 2º turno com declarações do pastor Silas Malafaia, um aliado do tucano, pode ter prejudicado o candidato. "Não vou entrar nesse tema. Se não, vira pauta permanente posta pela imprensa. Depois os adversários dizem que eu coloquei na pauta", afirmou Serra. Em entrevistas anteriores, o tucano havia criticado o material de combate à homofobia elaborado a pedido do Ministério da Educação na gestão de Fernando Haddad (PT). Também defendeu um kit similar criado em sua gestão no governo paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.