Alex Silva/AE
Alex Silva/AE

Serra planeja levar campanha à periferia da capital após convenção tucana

Tucanos também vão se empenhar para garantir uma aliança com o PP, do deputado Paulo Maluf

Bruno Boghossian, do estadão.com.br,

14 Maio 2012 | 23h58

SÃO PAULO - O pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, vai levar sua campanha aos bairros da periferia da capital apenas depois da convenção do partido, prevista para o dia 17 de junho. Desde que decidiu concorrer ao cargo, o tucano se manteve em palanques no centro expandido da cidade, onde ele tradicionalmente tem uma votação mais expressiva.

A agenda foi traçada na primeira reunião do conselho político da candidatura. Serra se encontrou na noite desta segunda-feira, 14, com o governador Geraldo Alckmin, com o coordenador de sua campanha, Edson Aparecido, o secretário estadual da Casa Civil, Sidney Beraldo, o ex-secretário Andrea Matarazzo e o senador Aloysio Nunes Ferreira.

O objetivo dos tucanos é ampliar a exposição de Serra nos bairros periféricos da cidade entre a convenção e o início da propaganda eleitoral na TV, em agosto.

A equipe do PSDB vai se empenhar nas próximas semanas para garantir uma aliança com o PP, do deputado Paulo Maluf. As negociações são lideradas por Alckmin e Beraldo.

O conselho político liderado pelo governador vai se reunir periodicamente para avaliar os rumos da campanha e definir as estratégias para a eleição. Ao reunir os principais líderes do partido, o PSDB quer demonstrar que sua cúpula participa ativamente da candidatura.

Mais conteúdo sobre:
Eleições 2012 José Serra PSDB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.