Serra evita falar de ‘kit gay’ e tenta tirar tema da pauta eleitoral

Equipe do candidato tucano acredita que debate não o beneficia na campanha e que o tema contaminou a disputa pela Prefeitura de São Paulo

O Estado de S.Paulo

18 de outubro de 2012 | 03h07

Em um esforço para tentar abandonar a discussão pública sobre o chamado "kit gay", José Serra (PSDB) disse nessa quarta-feira, 18, que não responderia a perguntas relacionadas ao assunto. Sua equipe acredita que o debate não beneficia o tucano e que o tema contaminou a disputa eleitoral.

"Não vou entrar nesse tema. Se não, vira pauta permanente posta pela imprensa. Depois os adversários dizem que eu coloquei na pauta", disse Serra ontem.

Em entrevistas na última semana, o tucano havia criticado o material de combate à homofobia elaborado a pedido do Ministério da Educação na gestão de Fernando Haddad (PT). Também defendeu um kit criado em sua administração no governo de São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012kit gayjosé serra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.