Serra evita comentar desistência do PP em apoiá-lo e diz que 'chapão' é tendência

O pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra, disse ontem que "cada um faz alianças e vai para onde achar melhor", sobre o provável apoio do PP, partido do ex-prefeito Paulo Maluf, ao candidato do PT, Fernando Haddad. O PP estava próximo de fechar apoio ao PSDB, mas após uma indicação de Maluf no governo federal o partido decidiu apoiar o PT.

O Estado de S.Paulo

17 Junho 2012 | 03h04

Serra participou ontem da convenção do PV, que indicou o secretário municipal do Meio Ambiente, Eduardo Jorge, como opção para vice na chapa do tucano. Durante o discurso, o tucano disse ainda que a formação de um "chapão" para eleger vereadores é uma tendência das alianças partidárias.

Os tucanos estão divididos entre os que defendem que o partido dispute sozinho as vagas na Câmara Municipal e os que pregam união entre as siglas da coligação. "Estamos discutindo isso. Há posições diferentes e podemos chegar a um consenso", ponderou o pré-candidato tucano. / RODRIGO PETRY

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.