Jonne Roriz/AE
Jonne Roriz/AE

Serra e Haddad têm rápido encontro no lançamento do acervo do 'Estado'

Segundo Haddad, a conversa rápida (de cerca de cinco minutos) foi 'amistosa'

Daiene Cardoso, da Agência Estado,

23 de maio de 2012 | 21h29

SÃO PAULO - Os pré-candidatos à Prefeitura de São Paulo José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) se encontraram na noite desta quarta-feira, 23, no lançamento do acervo digital do jornal O Estado de S. Paulo, no Auditório Ibirapuera, na capital paulista. A iniciativa de um cumprimento partiu do petista, que se aproximou de Serra durante o coquetel da festa. Os candidatos trocaram um aperto de mão, um abraço e posaram para os fotógrafos.

Segundo Haddad, a conversa rápida (de cerca de cinco minutos) foi "amistosa". "Sempre tivemos uma relação boa", destacou o petista. Ao comentar o encontro, Haddad brincou, dizendo aos jornalistas: "Quase saiu uma aliança". Sorridente, José Serra não comentou o encontro. Apenas olhou para os jornalistas e disse: "O que vocês estão ouvindo ai?".

Haddad afirmou que o lançamento do acervo do Estado é motivo de celebração. "As pessoas vão poder conhecer a história do Brasil, vão poder se aprofundar sobre como a elite pensante do país concebia o desenvolvimento do país, o seu próprio futuro. Vamos poder conhecer uma parte do pensamento sobre o Brasil, folheando as páginas desse grande jornal", afirmou.

O pré-candidato petista também disse considerar o Estado um dos melhores jornais do País. "Talvez o melhor em vários aspectos: sempre muita seriedade na cobertura, uma virtude muito grande que é procurar fazer as reportagens com um nível de conhecimento aprofundado, fugir da superficialidade", afirmou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.