Senador reitera declarações à CVM

O senador José Sarney (PMDB-AP), por sua assessoria, reiterou as declarações que prestou à Comissão de Valores Mobiliários. Ele disse acreditar que "a prova de que o assunto não tem fundamento está no arquivamento do procedimento pela CVM". O banqueiro Edemar Cid Ferreira, ex-controlador do Banco Santos, preferiu não se manifestar sobre o episódio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.