Secretários do Rio também foram ao Caribe

O secretário estadual de Governo do Rio, Wilson Carlos, e o secretário municipal de Urbanismo, Sérgio Dias, fizeram uma viagem de cinco dias ao Caribe a convite do empresário Saulo Wanderley Filho, dono da Cowan, grupo que mantém contratos com o governo de Sérgio Cabral e com a prefeitura de Eduardo Paes, entre eles a construção da Linha 4 do metrô do Rio.

FÁBIO GRELLET / RIO, O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2012 | 02h06

A viagem, feita em abril de 2011, foi revelada ontem pelo site da revista Veja, e confirmada pelo empresário e pelos secretários. O grupo viajou em um jatinho Gulfstream, da Cowan, e ficou hospedado na Ilha de Saint Barth, em casa alugada pela empresa.

O episódio vem à tona pouco mais de seis meses após a divulgação de fotos em que esses mesmos secretários, entre outras pessoas, aparecem em Paris, acompanhados pelo empresário Fernando Cavendish, dono da construtora Delta e amigo de Cabral. Nas imagens, o grupo participa de uma comemoração, usando guardanapos de pano na cabeça. Segundo o governo, a festa ocorreu em 2009.

Sobre a viagem ao Caribe, a assessoria de Wilson Carlos informou que ele, a mulher e os filhos foram convidados pelo dono da Cowan e sua mulher. "Foi a única vez que o secretário viajou a convite de Erica e Saulo Wanderley Filho. As relações pessoais do secretário não interferem em seu trabalho no governo", afirma a nota. "A empresa Cowan, desde janeiro de 2007 (início da gestão Cabral), não obteve nenhum contrato com o governo do Estado. A Cowan foi vencedora, em consórcio com outras empresas, de licitação realizada em 1998 para a construção da Linha 4." A nota afirma que as normas estipuladas pelo governo por meio do Código de Ética publicado em 5 de julho de 2011 estão sendo cumpridas desde então.

Sergio Dias disse em nota que tem amizade com os casais desde antes de assumir a pasta. "A secretaria não licita, não licencia nem fiscaliza obras públicas e de infraestrutura. O âmbito de atuação dos projetos da empresa Cowan não é de competência da Secretaria Municipal de Urbanismo."

O dono da Cowan está fora do País e, via assessoria, afirmou ter amizade "de muitos anos" com os convidados da viagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.