Schneider não pediu verba para creches, diz Haddad

Petista rebate críticas feitas pelo candidato a vice de Serra de que o MEC não atendeu aos pedidos para verba

Guilherme Waltenberg, da Agência Estado

02 de julho de 2012 | 20h27

O candidato petista à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, rebateu na noite desta segunda-feira, 2, as declarações do candidato à vice-prefeito na chapa do tucano José Serra, Alexandre Schneider (PSD), de que teria procurado o Ministério da Educação e Cultura (MEC) e solicitado verba para construção de creches na cidade e não teria sido atendido, quando Haddad ocupava o ministério.

"Em audiência em fevereiro do ano passado, Fernando Haddad, então ministro da Educação, recebeu Alexandre Schneider em seu gabinete e o orientou a cadastrar sua solicitação de recursos para os projetos de construção de creches no sistema eletrônico do ministério, o que não foi feito. Depois disso, não houve mais procura", diz nota de Haddad, divulgada na noite desta segunda.

O líder do PT na Câmara Municipal, Francisco Macena, também criticou as declarações do vice de José Serra: "É inacreditável que o vice do candidato José Serra, Alexandre Schneider, obrigue as mães e pais de São Paulo a solicitar vagas de creche por meio de sistema eletrônico, mas não consegue fazer o mesmo para obter os recursos federais para a construção de creches", disse o vereador, em nota à imprensa.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012SPFernando HaddadPT-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.