Sartori mantém 60% dos votos válidos e Tarso Genro, 40%, afirma Datafolha

Declaração de peemedebista sobre o piso dos professores - ele disse que se os docentes querem piso devem ir a uma loja de material de construção - não modificou cenário

O Estado de S. Paulo

23 de outubro de 2014 | 20h08

São Paulo - Pesquisa do Datafolha divulgada no início da noite desta quinta-feira, 23, mostra José Ivo Sartori (PMDB) com 60% e Tarso Genro (PT) com 40% dos votos válidos na disputa pelo governo do Rio Grande do Sul, mesmos porcentuais do levantamento anterior, de 16 de outubro. A declaração de Sartori sobre o piso dos professores - ele disse que se os professores querem piso devem ir a uma loja de material de construção (clique aqui para ler) - não influenciou o voto dos eleitores.

Levando em conta votos totais, Sartori tem 53% e Tarso, 36%. Brancos e nulos somam 4% e 'não sabe', 7%. 

Tarso Genro, de acordo com a mesma pesquisa, tem 44% de taxa de rejeição (em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum). Já Sartori tem 25%. 

O atual governo é considerado ótimo ou bom por 36% dos entrevistados; 44% consideram regular e 18%, ruim ou péssimo. Não sabe/não respondeu são 2%. 

Foram realizadas 1.541 entrevistas entre os dias 22 e 23 de outubro. A margem de erro da pesquisa é de três pontos porcentuais para mais ou para menos e o índice de confiança, 95%. A pesquisa foi encomendada pelo Grupo RBS e Folha da Manhã e está registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número RS-00034/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-01162/2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.