São Paulo tem 397 urnas substituídas e 179 prisões no 1º turno

Na capital paulista 0,29% das urnas foram substituídas, segundo levantamento do TRE-SP; município de Taboão da Serra teve o maior número de detidos

O Estado de S.Paulo

02 de outubro de 2016 | 11h20

SÃO PAULO - Segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, foram substituídas até as 15h deste domingo 397 urnas (0,42%) no Estado, sendo 72 na capital paulista (0,29%) e 325 nas cidades do interior (0,48%).

Foram efetuadas 179 prisões no Estado, em 30 municípios. Na capital paulista, um eleitor jogou no chão e quebrou uma urna eletrônica em uma escola da zona Sul da cidade. Três outras pessoas foram detidas por boca de urna, totalizando quatro prisões.

O município de Taboão da Serra teve o maior número de detidos: 67 pessoas, por boca de urna. Seis cidades tiveram candidatos a vereador presos por boca de urna ou divulgação de propaganda em dia de eleição: Pereira Barreto, Osasco, Santo Antônio de Posse, Junqueirópolis, Tupã e Botucatu.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes esteve na manhã deste domingo no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo para acompanhar a votação paralela, sistema de auditoria de segurança das urnas eletrônicas. O ministro afirmou essa foi uma das eleições com mais episódios de violência da história e que isso é reflexo do aumento da insegurança pública no País.

"Houve uma deterioração do quadro de segurança pública e isso se reflete no processo eleitoral", disse ele. "Temos mais violência do que tivemos em 2012." Ele, que esteve na Baixada Fluminense para acompanhar os casos recentes de violência no Rio de Janeiro, afirmou que foram feitos pedidos de força federal em mais de 400 municípios pelo País. "Sabemos que muitos desses casos têm relação com o crime organizado. A última coisa que queremos é o crime organizado envolvido com a política."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.