Russomanno propõe órgãos anticorrupção

O candidato do PRB à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno, prometeu ontem criar órgãos para combater a corrupção na capital paulista. Ele propôs um sistema baseado em ouvidorias e corregedorias instaladas na máquina administrativa.

O Estado de S.Paulo

16 de agosto de 2012 | 03h00

"Nós vamos criar ouvidorias que serão monitoradas pelo gabinete do prefeito. E vamos atuar firmemente com corregedorias dentro do município", declarou o ex-deputado, em caminhada com lideranças no bairro de Vila Nova Cachoeirinha, zona norte.

A cidade de São Paulo já conta atualmente com uma Ouvidoria.

Russomanno foi alvo de uma série de questionamentos éticos nas últimas semanas. Como deputado federal, atuou em favor da empresa de refrigerantes Dolly, cujo dono veio mais tarde a se tornar patrocinador de seu programa de TV e, além disso, seu sócio numa empresa de comunicação. O candidato do PRB também foi alvo de questionamentos por utilizar passagens da Câmara dos Deputados para levar familiares numa viagem aos Estados Unidos. / R.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.