Valter Campanato/Agência Brasil
Valter Campanato/Agência Brasil

Rui Costa lidera corrida por governo da Bahia com 50%, diz Ibope

Principal adversário do atual governador tem 8% de intenções de voto; para o Senado, Jaques Wagner sai na frente com 34%

Yuri Silva, O Estado de S.Paulo

22 Agosto 2018 | 20h20

SALVADOR - O governador da Bahia e candidato à reeleição, Rui Costa (PT), lidera a pesquisa de intenção de votos Ibope/TV Bahia divulgada nesta quarta-feira, 22. De acordo com os dados do levantamento, Costa tem 50% dos votos. Em segundo aparece o ex-prefeito de Feira de Santana e principal nome oposicionista, José Ronaldo (DEM), com 8%, e pelo ex-prefeito de Salvador João Henrique Carneiro (PRTB), que aparece com 3% das intenções.

O geólogo Marcos Mendes, postulante do PSOL ao Palácio de Ondina, tem 2% enquanto o ex-ministro da Integração Nacional João Santana (MDB), a ex-vice-prefeita de Salvador Célia Sacramento (Rede), e o carteiro Orlando Andrade (PCO) teriam 1%, cada.

Votos brancos e nulos somaram 22%. Já 12% dos eleitores não sabem em quem votar ou não responderam à pergunta. A margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. Foram ouvidos 1.008 eleitores, em 58 dos 417 municípios baianos, entre os dias 19 e 21 de agosto.

+ Na Bahia, Rui Costa é favorito e retoma vínculo com Lula

O Ibope também mediu a rejeição dos candidatos ao governo da Bahia, perguntando aos eleitores em quem eles não votariam de jeito nenhum. Nesse ranking, João Henrique Carneiro lidera com 29% dos votos, seguido do governador Rui Costa, que tem 19% de rejeição. Célia Sacramento e José Ronaldo têm 18% de rejeição cada um, enquanto Marcos Mendes e João Santana têm 17%. Orlando Andrade é rejeitado por 16% dos eleitores. Conforme os dados do Ibope, 5% dos entrevistados não rejeitaram nenhum candidato e 24% não souberam ou não quiseram responder a essa questão.

Wagner lidera corrida ao Senado.

Na disputa pelo Senado, o ex-governador da Bahia e ex-ministro da Casa Civil Jaques Wagner (PT) lidera com 34%. O número é 11 pontos percentuais superior ao segundo colocado no levantamento, o cantor gospel e deputado federal Irmão Lázaro (PSC), que aparece com 23% das intenções de voto na sondagem eleitoral.

+ ‘Estado’ faz cobertura multiplataforma das Eleições 2018

O também deputado federal Jutahy Magalhães Jr., que concorre ao Senado pelo PSDB, foi citado por 14% dos eleitores, segundo a pesquisa. Ele é seguido pelo presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Ângelo Coronel (PSD), que foi citado por 7% dos entrevistados e pelo ex-deputado federal Jorge Vianna (MDB), que aparece com 6%.

O sociólogo Fábio Nogueira (PSOL) e o postulante da Democracia Cristã, Marcos Maurício, somam 5% das intenções de voto cada um. Comandante Rangel (PSL) aparece com 4%, enquanto Francisco José, da Rede Sustentabilidade, tem 3%. Adroaldo dos Santos, do PCO, e Celsinho Cotrim, do Prona, foram citado por 1% dos eleitores cada.

+ Candidatos reveem estratégias nas eleições após pesquisa Ibope

Na pergunta feita sobre a primeira vaga de senador, 26% dos eleitores disseram que vão votar branco ou nulo. Já para a segunda vaga, 35% dos entrevistados prometeram votar branco ou nulo. Aqueles que não sabem em quem votar e os que não responderam somam 36%, segundo os dados divulgados pelo Ibope na Bahia.

Wagner comemorou o resultado mas ponderou que "pesquisa não decide eleição". "Seguiremos com os pés no chão, com muita humildade, dialogando com cada cidade, cada comunidade, com todos os baianos e baianas. Fico feliz com o reconhecimento que a pesquisa aponta", afirmou o ex-ministro, em nota.

No comunicado, Wagner relembrou, sem citar com detalhes, a sua eleição em 2006, quando todos os levantamentos apontavam, no sábado anterior à votação, a vitória do ex-governador baiano Paulo Souto (do então PFL) no primeiro turno. O resultado, contudo, foi o contrário: o petista desbancou Souto, representante do grupo liderado pelo ex-senador Antônio Carlos Magalhães, ainda na primeira parte do pleito.

Os demais candidatos não comentaram.  A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) sob o código BA-03534/2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.