Ribeirão Preto terá renovação de 50% das cadeiras

Vereadora mais votada da cidade foi a jornalista Silvana Resende (PSDB) com 6.927 votos

Brás Henrique, de O Estado de S. Paulo,

06 de outubro de 2008 | 18h39

A população de Ribeirão Preto renovou 50% da Câmara, que tem 20 cadeiras. A mais votada, a jornalista Silvana Resende (PSDB), com 6.927 votos, disse que não esperava uma renovação tão grande. "Temos que entender o que as urnas dizem e, com o tempo, vamos ver se será uma mudança apenas de nomes ou de idéias", enfatizou Silvana. Teoricamente, ela seria da oposição, já que apoiou o derrotado prefeito Welson Gasparini (PSDB), que tentava o quinto mandato, mas prefere informar que estará ativa num grupo de fiscalização.   Veja Também: Especial: Vereador Digital   Tire suas dúvidas sobre as eleições   O delegado Samuel Zanferdini (PMDB) foi o segundo colocado e o mais votado na coligação que apoiou a prefeita eleita Dárcy Vera (DEM). Conseguiram uma vaga na Câmara o ex-deputado estadual Léo Oliveira (PMDB) e Maurílio Romano Machado (PP), filho do ex-deputado federal Marcelino Romano Machado, um malufista histórico e que era vice na chapa de Gasparini. O empresário Oliveira Júnior (PSC), vice-prefeito de Itu, que responde processo naquela cidade por homicídio, acusado de ser o mandante do assassinato do advogado do prefeito, também foi eleito. Pelo PT, que teve duas administrações do ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci, apenas Jorge Parada foi eleito. O atual presidente da Câmara, Leopoldo Paulino (PMDB) e o ex, Silvio Martins (PMDB), serão suplentes.   Cowboy   Campeão do Big Brother Brasil 2, com cerca de 35 milhões de votos, Rodrigo Leonel, o Cowboy, fracassou nas urnas. Ficou na 161ª posição, com 329 votos. Ele acreditava que teria 3 mil votos, o que julgava ser suficiente para ocupara uma vaga na Câmara pelos próximos quatro anos. Procurado nesta segunda-feira, 6, pela reportagem, evitou comentar o resultado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.