Revista receita 'remédio de Minas' ao Brasil

A revista britânica The Economist publicou reportagem elogiosa ao senador Aécio Neves, presidenciável do PSDB em 2014, na edição que começou a ser vendida ontem no Reino Unido. Com o título "O remédio de Minas", a publicação diz que Aécio executou um "choque de gestão" em Minas Gerais.

FERNANDO NAKAGAWA, CORRESPONDENTE / LONDRES, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2013 | 02h08

"Graças, em parte, a esse sucesso em Minas Gerais, Mr. Neves está perto de se tornar o candidato do PSDB, o principal partido da oposição, na eleição presidencial do próximo ano", diz o texto. A reportagem sugere que a gestão do tucano pode ser positiva para o Brasil. "Uma dose do remédio de Minas pode fazer bem ao Brasil." Segundo a revista, Aécio usa como lema "gastar menos no governo e mais nos cidadãos".

O texto também contrapõe o "emagrecimento" da máquina pública que Aécio produziu em Minas ao "inchaço" da esfera federal. "Desde que o PT assumiu o poder o número de ministérios aumentou de 26 para 40 e a folha de pagamento cresceu incansavelmente."

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.