Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Resumo das Eleições 2018: Nova pesquisa Ibope e quadro clínico de Bolsonaro

Candidato do PSL passará por outra cirurgia, enquanto a PF segue investigando os culpados; STF deve definir candidatura de Lula ainda hoje; veja os destaques desta segunda-feira

O Estado de S.Paulo

10 Setembro 2018 | 19h09

De segunda a sexta, o Estado publicará resumos com as principais notícias sobre as campanhas e o dia dos candidatos nas eleições 2018.

Confira abaixo os destaques desta segunda-feira, 10:

Em São Paulo, Bolsonaro mantém patamar de votos após ataque

Ao menos em São Paulo, o ataque ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) não o beneficiou eleitoralmente. Pesquisa Ibope/Estado/TV Globo realizada apenas com eleitores paulistas indica que o deputado e capitão da reserva tem 23% das intenções de voto nas eleições 2018, uma oscilação de apenas um ponto porcentual para cima desde o dia 20 de agosto, data da divulgação do levantamento anterior do Ibope. Veja todos os números aqui.

Candidatos evitam ataques e defendem "pacificação" durante debate

Os candidatos à Presidência da República levaram para o debate TV Gazeta/Estado/Rádio Jovem Pan/Twitter, realizado na noite deste domingo, 9, em São Paulo, a mensagem de repúdio à violência que dominou a campanha nos últimos dias após o atentado contra Jair Bolsonaro (PSL). Internado após ser esfaqueado durante uma agenda eleitoral na quinta-feira passada, em Juiz de Fora (MG), o presidenciável do PSL não participou. No primeiro encontro após o episódio, o radicalismo na política foi tratado como um entrave ao desenvolvimento do País. Em suas participações iniciais, Geraldo Alckmin (PSDB)Marina Silva (Rede) e Henrique Meirelles (MDB) defenderam a necessidade de se pacificar o ambiente público e a sociedade. 

Bolsonaro segue em estado grave e precisará de nova cirurgia, dizem médicos

Hospital Albert Einstein divulgou na manhã desta segunda-feira, 10, novo boletim médico sobre o estado de saúde do candidato do PSL à Presidência nas eleições 2018Jair Bolsonaro, vítima de um ataque com uma faca no dia 6, enquanto fazia campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais. O deputado precisará de uma nova cirurgia de "grande porte" para reconstituir o trânsito de partes do intestino, afetadas pela facada. Seu estado ainda é grave e ele permanece na Unidade Terapia Intensiva (UTI). Segundo médicos, é comum a necessidade de nova cirurgia para refazer o trânsito intestinal após a colostomia, processo que encaminha fezes do intestino para uma bolsa fora do corpo.  

Defesa de Lula protocola pedido para prorrogação de prazo de candidatura

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) entrou com uma série de pedidos ao longo dos últimos dias para viabilizar a candidatura do petista ao Palácio do Planalto nas eleições 2018. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou que até esta terça-feira (11) o PT faça a substituição de Lula da cabeça da chapa, mas os defensores do ex-presidente tentam ganhar tempo e buscam suspender esse prazo no STF até que um recurso extraordinário – contra a decisão do TSE – seja analisado pela Suprema Corte.  Foi protocolada na madrugada desta segunda-feira (11) uma petição na qual pede que seja suspenso temporariamente o prazo para a substituição de Lula na chapa presidencial do PT, marcado para acabar nesta terça-feira, conforme determinado pelo TSE. Esse outro pedido será examinado por Celso de Mello. O PT pede ao STF que o prazo de substituição seja suspenso até que o recurso extraordinário de Lula seja apreciado pelo colegiado do Supremo – pelo plenário ou pela Segunda Turma -, respeitando o marco legal de 17 de setembro (data-limite fixada no calendário eleitoral para substituição de candidatos).

PF rastreia dados financeiros de esfaqueador de Bolsonaro

Polícia Federal informou nesta segunda, 10, que está analisando ‘dados financeiros’ de Adélio Bispo Oliveira, 40 anos, esfaqueador do candidato à Presidência, nas eleições 2018Jair Bolsonaro (PSL). O rastreamento faz parte de uma série de diligências da PF para ‘identificar todas as possíveis conexões e motivações do crime’. Bispo foi autuado em flagrante indiciado com base no artigo 20 da Lei de Segurança Nacional. Se processado e condenado pode pegar até 20 anos de prisão.

Paulo Skaf e João Doria estão empatados em São Paulo, diz Ibope

Os candidatos ao governo do Estado de São Paulo João Doria (PSDB)Paulo Skaf (MDB) estão tecnicamente empatados em primeiro lugar, diz a mais recente pesquisa Ibope/Estado/TV Globo, divulgada nesta segunda-feira, 10. Skaf aparece com 22% e Doria, com 21%. A margem de erro é de três pontos porcentuais. Em relação à última pesquisa Ibope, divulgada em 20 de agosto, Skaf foi o que mais subiu, com quatro pontos a mais. Já Doria oscilou positivamente em um ponto. Veja a pesquisa completa aqui.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.