Renascer dá apoio a Russomanno; Serra faz série de visitas a templos

A Igreja Renascer em Cristo, liderada pelo apóstolo Estevam Hernandes e por sua mulher, a bispa Sônia, desembarcou de forma definitiva na campanha do candidato Celso Russomanno (PRB). O apoio foi oficializado na quarta-feira, em reunião da Confederação das Igrejas Evangélicas Apostólicas do Brasil, entidade que agrega denominações religiosas de pequeno porte - são 2.500, segundo seu assessor político, o Bispo Gê, ligado à Renascer.

O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2012 | 03h03

"A Renascer em Cristo é uma das participantes da confederação. Seus integrantes, quase 5 mil pastores, chegaram a esse consenso pelo que se conhece do Russomanno, do trabalho que sempre fez, de sua idoneidade. Escolhemos o candidato que parecia mais simpático à confederação", afirmou.

Indagado se os pastores vão pedir voto para Russomanno nos cultos, o assessor respondeu que cada um decidirá como expressar seu apoio. "Na confederação existe até igreja que não fala de política", disse.

Russomanno afirmou que se sente honrado em receber o apoio. "Estive com o bispo Hernandes como tenho estado com todo mundo. Tenho o apoio de todas as igrejas. Me honra muito o apoio de todos", disse.

A Renascer se aproximou de José Serra (PSDB) antes de fechar o apoio a Russomanno, mas as conversas não prosperaram.

O tucano tem feito um périplo por pequenos templos evangélicos nos últimos meses. Em um culto na Lapa, na quinta-feira, Serra falou sobre sua origem humilde, disse valorizar a família e ouviu de um pastor uma oração por sua vitória.

O candidato do PSDB tem o apoio da Convenção Geral das Assembleia de Deus - maior ala da igreja - e recebeu uma bênção do líder da Igreja Mundial, o apóstolo Valdemiro Santiago.

O desempenho de Serra entre o eleitorado evangélico pentecostal - grupo que inclui a Assembleia de Deus - não é dos melhores. Desde o início da campanha, Celso Russomanno (PRB) passou a dominar o grupo religioso, chegando a 41% das intenções de voto na última pesquisa Datafolha. Serra tem 16%, mesmo porcentual do petista Fernando Haddad. / ROLDÃO ARRUDA e RICARDO CHAPOLA

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012SerraRussomanno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.