Regulamentação não saiu do papel

A Constituição determina que os salários do funcionalismo público não podem ultrapassar os vencimentos de ministro do Supremo Tribunal

O Estado de S.Paulo

09 de abril de 2012 | 03h07

Federal, atualmente de

R$ 26.723,15. Mas a norma nunca foi regulamentada, o que permite os supersalários tanto no Executivo - como mostrou ontem o Estado - quanto no Legislativo. O governo deve enviar para o Congresso uma proposta que estabeleceria as regras para o pagamento de extras ainda neste ano. Um projeto apresentado no Senado pela hoje ministra Gleisi Hoffmann não conseguiu avançar a ponto de se tornar lei.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.