Reforma ministerial é tema de conversa em jantar no palácio

A reforma ministerial de 2012 já virou pauta da conversa da presidente Dilma Rousseff com os partidos da base. Ontem à noite, Dilma recebeu para jantar no Alvorada o presidente do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP).

O Estado de S.Paulo

16 de novembro de 2011 | 03h03

Mais dois assuntos estavam na pauta: uma radiografia sobre os candidatos do PT e as alianças para as eleições do ano que vem e a avaliação sobre o comportamento da base nas votações importantes da reta final dos trabalhos do Congresso.

A reforma ministerial é o ponto mais crítico porque o PT não gosta da ideia de perder ministros na fusão de algumas pastas planejada pela presidente. Já o PMDB, por seu presidente, senador Valdir Raupp (RO), diz que o partido "dá total apoio ao enxugamento da máquina".

Dilma quer aproveitar a saída dos ministros que vão disputar as eleições municipais para fazer a reforma - é o caso de Fernando Haddad, da Educação, que vai disputar a Prefeitura de São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.