Rede quer lançar candidato próprio em Minas Gerais

Integrantes da Rede Sustentabilidade em Minas Gerais entraram em rota de colisão com o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, um dos principais nomes do diretório estadual do PSB. O motivo é o alinhamento de Lacerda com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que, assim como o presidente nacional do PSB, governador Eduardo Campos (PE), pretende disputar a eleição presidencial de outubro.

Marcelo Portela, O Estado de S.Paulo

23 Janeiro 2014 | 02h05

Em nota divulgada ontem, a direção da Rede em Minas salientou a necessidade de se "romper a hegemonia do PSDB em Minas Gerais". Aécio governou o Estado por dois mandatos a partir de 2003 e, em 2010, passou o cargo para o também tucano Antonio Anastasia, reeleito naquele ano.

A nota é uma resposta a declarações de Lacerda, que, na semana passada, disse que "o PSB não lançará um candidato contra o PSDB" no Estado. Em Minas, a sigla integra o governo tucano desde a primeira eleição de Aécio. Em 2012, o prefeito rompeu com o PT para se reeleger em aliança com o PSDB.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.