Quintão pede à PF inquérito para investigar supostas ameaças

Candidato do PMDB em BH acusa militantes do adversário de constrangê-lo em atividades de campanha

Eduardo Kattah, de O Estado de S.Paulo

17 de outubro de 2008 | 15h57

O candidato a prefeito de Belo Horizonte, Leonardo Quintão(PMDB), protocolou nesta sexta-feira, 17, na Polícia Federal pedido de abertura de inquérito para apurar supostas ameaças que estaria sofrendo na campanha e solicitou segurança pessoal. Quintão acusa militantes da candidatura adversária de constrangê-lo em atividades de campanha.   Veja também: Especial: Perfil dos candidatos em BH  Geografia do voto: Desempenho dos partidos nas cidades brasileiras  Confira o resultado eleitoral nas capitais do País As principais promessas dos candidatos   A PF informou da impossibilidade de "prover sua segurança pessoal no curso da campanha, face à ausência de previsão legal para tanto". A corporação aconselhou o peemedebista a solicitar segurança à Polícia da Câmara de Deputados.  Márcio Lacerda(PSB) levantou dúvidas sobre a suposta ameaça e disse que Quintão "já perdeu totalmente a credibilidade".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.