Queda de aliado de Jader no Incra do Pará cria mais uma crise entre PMDB e PT

A demissão de Francisco Carneiro (foto), aliado de Jader Barbalho (PMDB-PA), da superintendência do Incra em Santarém (PA) na terça-feira criou mais uma crise entre PMDB e PT. Peemedebistas acusam petistas de terem forjado o envolvimento de Carneiro em irregularidades para lhe tomar o lugar. "Foi uma encenação. Nunca provaram nenhum ato ilícito por parte de Carneiro", disse o deputado José Priante (PMDB-PA). Priante levou ao líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), cópia de decisão que conclui que não se pode culpar Carneiro de ilícitos. A conta do avanço do PT sobre cargos do PMDB vem aumentando. Petistas já tomaram cargos de peemedebistas na Funasa e no Ibama.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.