Beto Barata/AE
Beto Barata/AE

PV integra chapa de ACM Neto em Salvador e indica vice

Para a nova intregrante da chapa, Célia Sacramento, decisão 'inaugura uma nova história na política baiana'

TIAGO DÉCIMO, Agência Estado

14 Junho 2012 | 16h48

SALVADOR - Considerada estratégica pela direção nacional do DEM para o futuro do partido, a candidatura do deputado ACM Neto à prefeitura de Salvador ganhou oficialmente, na tarde desta quinta-feira, 14, o reforço do PV, que se alia a PSDB e a PPS entre as legendas que integram a coligação. O PV também vai ter participação na chapa majoritária, com a indicação da professora universitária Célia Sacramento a vice na chapa liderada por Neto.

A atração do PV à candidatura e a aprovação de Célia como candidata a vice tem como objetivos, segundo a cúpula da legenda no Estado, esvaziar o discurso dos pré-candidatos aliados do governador baiano, Jaques Wagner (PT), de suposto "elitismo" nas propostas do DEM. A candidatura também leva à chapa o discurso de preocupação ambiental, atraindo eleitores jovens. O PT tem como pré-candidato o deputado Nelson Pelegrino.

Negra, Célia tem histórico de participação em movimentos sociais, em especial na defesa dos direitos de mulheres e na luta contra desigualdades raciais, e de ativismo ambiental. "Acabou a história de esquerda e direita", acredita ACM Neto. "O que cada candidato propõe é o que vale."

Para Célia, a aliança do PV com o DEM em Salvador "inaugura uma nova história na política baiana". "ACM Neto propôs a construção conjunta do projeto de um novo governo para Salvador, valorizando as políticas de promoção da igualdade e a questão do meio ambiente e da sustentabilidade", justifica.

Mais conteúdo sobre:
Eleições 2012 Salvador PV ACM Neto DEM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.