Publicitários do mensalão

O publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza ficou conhecido como o operador do mensalão, escândalo que estourou em 2005 e abalou o primeiro mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele é um dos 38 réus da ação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), acusado dos crimes de corrupção ativa, peculato, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e evasão de divisas.

O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2012 | 03h03

Segundo denúncia feita pela Procuradoria Geral da República, o esquema era comandado por José Dirceu, então ministro da Casa Civil. Outro participante destacado era o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares. Recursos centralizados pelas empresas de Marcos Valério abasteciam partidos da base de apoio ao governo, que votavam projetos de interesse do governo federal.

Outro publicitário envolvido no escândalo foi o marqueteiro Duda Mendonça, responsável pela campanha eleitoral que levou Lula à Presidência da República em 2002.

Apesar de negar a existência do mensalão, Duda admitiu mais de uma vez ter recebido dinheiro do caixa 2 do PT como pagamento por seu trabalho.

Tudo o que sabemos sobre:
Mensalão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.