João Ricardo/PTB
João Ricardo/PTB

PTB desiste da candidatura de Cristiane Brasil, que está presa

Partido de Roberto Jefferson, pai da ex-deputada, vai lançar Fernando Bicudo na disputa pela Prefeitura do Rio

Caio Sartori, O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2020 | 16h40

RIO – Presa desde o dia 11 deste mês, Cristiane Brasil não será mais candidata à Prefeitura do Rio pelo PTB. A decisão foi tomada após a Justiça do Rio manter, neste domingo, sua prisão preventiva – ela está detida por suspeitas de fraudes na área de Assistência Social do Rio.

Até então, a legenda mantinha a candidatura dela, que não tem impedimento legal de concorrer. A Lei da Ficha Limpa só prevê a proibição para condenados por órgão colegiado, o que não é o caso da filha de Roberto Jefferson.

Agora, no entanto, sabendo que ela dificilmente sairá da cadeia a tempo de participar da campanha, a sigla optou por lançar Fernando Bicudo, que seria o vice de Cristiane. Ele é ex-diretor do Teatro Municipal do Rio

Para Entender

Quem são os candidatos a prefeito do Rio nas eleições 2020

Eduardo Paes e Marcelo Crivella lideram a disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro; confira lista completa e conheça todos os nomes na corrida

Os desvios na Fundação Leão XIII, órgão ligado ao Estado, teriam chegado a R$ 120 milhões, segundo denúncia do Ministério Público. Cristiane é acusada de envolvimento com o esquema quando era secretária municipal de Envelhecimento Saudável. Ela nega as acusações e se diz vítima de perseguição política. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.