PT vai trazer réus do mensalão, diz Serra

O candidato a prefeito José Serra (PSDB) usou o horário eleitoral na TV de ontem à noite para dizer que, se eleito, não dará cargos no governo aos "desempregados da quadrilha do mensalão". "Nossa cidade, a São Paulo que amamos, merece respeito", disse. O tucano tem afirmado que o petista Fernando Haddad vai acabar com as parcerias na saúde para lotear cargos entre os petistas. Haddad nega. Mais cedo, o tucano já havia abordado o assunto em um evento de campanha. Segundo ele, "os condenados à cadeia do mensalão estão tinindo" para trabalhar em um eventual governo de Haddad.

O Estado de S.Paulo

26 de outubro de 2012 | 03h07

Nesta reta final da campanha, o programa de Serra na TV ganhou um reforço: a presença do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. "Eu sou testemunha do seu espírito jovem, da sua criatividade", disse ele sobre Serra.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012HaddadSerra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.