Estadão<br>
Estadão

PT: Uma ‘era’ estimulante e conturbada

Governos do Partido dos Trabalhadores são marcados por avanço social, aumento do emprego e denúncias sobre corrupção

O Estado de S. Paulo

26 de outubro de 2014 | 22h53

Dilma Rousseff foi reeleita para a Presidência da República, o que representa mais um ciclo de quatro anos do PT no poder. O partido ocupa o Palácio do Planalto há praticamente 12 anos, período em que o País registrou sensíveis avanços sociais, mas foi inundado por denúncias de corrupção (veja fatos do período nesta página).

O PT subiu a rampa do Planalto em 1.º de janeiro de 2003. Lula superou o então candidato do governo, José Serra, convencendo o eleitorado, inclusive setores mais conservadores, que iria respeitar leis e os acordos do governo FHC e, propondo um pacto social para tirar o País da crise.

Sua principal bandeira foi a de se voltar para os menos favorecidos, “atacando’’ a pobreza, principalmente nos mais distantes “rincões’’ do Brasil.

Lula fez um governo populista, criando e fomentando programas sociais, com grande foco em transferência de renda. Manteve inicialmente as diretrizes econômicas e o Brasil viveu período de evolução.

No entanto, ao mesmo tempo em que vários indicadores econômicos e sociais apresentavam melhora, o governo Lula começava a conviver com denúncias de corrupção que, com o passar dos anos, acabariam por se tornar quase uma rotina.

Ainda assim Lula manteve a popularidade e obteve um segundo mandato, cumprido entre 2007 e 2010, período em que o mundo enfrentou crise e o governo brasileiro criou medidas de estímulo à economia e lançou dois grandes programas: o PAC e o Minha Casa Minha Vida.

Lula faria de Dilma Rousseff sua sucessora. E a tônica do terceiro governo petista se manteve: foco no social. No entanto, escândalos continuaram a aparecer. E, ao fim desses 12 anos, o País avançou na área social. Tem, por exemplo, situação de pleno emprego. Porém, medidas equivocadas na economia, fazem com que o Brasil chegue ao fim do primeiro governo Dilma com sérios problemas estruturais.

Tudo o que sabemos sobre:
EleiçõesPTDilma RousseffLula

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.