PT impediu veto à aliança

Para poder ficar ao lado do PSD em estratégicas cidades paulistas na eleição municipal do ano que vem, o PT precisou superar a resistência de parte de seus líderes, que rejeitavam qualquer aproximação com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

O Estado de S.Paulo

25 de dezembro de 2011 | 03h06

Conforme o Estado revelou em junho, a direção estadual petista conseguiu impedir a aprovação de uma resolução que proibiria alianças eleitorais com o novo partido. A proposta havia sido elaborada por um grupo do PT da capital, que faz oposição a Kassab.

O comando regional atuou para derrubar o texto, que teve 236 votos favoráveis e 236 contrários - o que permitiu, na prática, alianças do PT com o PSD de Kassab.

Em São Paulo, há vetos apenas para alianças com PSDB, DEM e PPS, adversários dos petistas no governo federal.

O prefeito paulistano foi o maior adversário do PT na eleição de 2008, quando Marta Suplicy foi derrotada por ele.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.