PT entra na Justiça contra Kassab, tucano e Prefeitura

O diretório municipal do PT entrou ontem na Justiça Eleitoral com uma representação por propaganda eleitoral antecipada contra o prefeito Gilberto Kassab (PSD), o tucano José Serra e a Prefeitura de São Paulo. No documento, o PT sustenta que as supostas ilegalidades ocorreram em peças publicitárias institucionais da Prefeitura que levam o slogan "antes não tinha, agora tem", e também na propaganda partidária do PSDB veiculada no fim de abril. Os advogados sustentam que o teor das peças tucanas, que levaram Serra ao ar, coincide com o apresentado na propaganda da Prefeitura. O PT pede a suspensão da campanha da administração municipal.

O Estado de S.Paulo

04 Maio 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.