PT-BA recorre contra uso de imagem de Lula pelo PMDB

A coligação "Salvador, Bahia, Brasil" (PT-PCdoB-PV-PSB), do candidato a prefeito Walter Pinheiro, entrou com um recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra o uso de fotografia do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em publicidade eleitoral impressa, pela coligação "Força do Brasil em Salvado" (PMDB-PTB-PDT-PMN-PSL-PSC-PP-PHS-PRTB), do prefeito João Henrique Carneiro, candidato à reeleição.A publicidade eleitoral impressa tem imagem de Lula em banners, cartazes, colantes e placas. A coligação de Pinheiro alega que o uso de foto do presidente no comitê de João Henrique tem o objetivo de "ludibriar os eleitores, por meio de um ardiloso estratagema, com o ''inescondível'' (sic) propósito de induzi-los a erro, fazendo-os acreditar que o presidente Lula apóia João Henrique".A aliança diz que essa prática é vedada pela Lei Eleitoral, que proíbe a participação de filiado a partido em publicidade eleitoral de outra legenda ou coligação. O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) da Bahia havia decidido que a publicação de imagem de integrante de sigla ou coligação em propaganda eleitoral não é irregular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.