PSOL vence por pouco mais de 1% dos votos e conquista 1ª prefeitura de capital

O Estado de S.Paulo

29 de outubro de 2012 | 03h06

Em Macapá, o PSOL derrotou o grupo que assumiu o poder em 2002 e teve seus líderes presos na Operação Mãos Limpas, em 2010, acusados de desviar cerca de R$ 1 bilhão dos cofres públicos. Numa disputa acirrada, Clécio Luís (PSOL), na foto, venceu Roberto Góes (PDT) - que concorria à reeleição - por pouco mais de 1% dos votos.

A vitória deu ao PSOL a primeira prefeitura de capital desde sua fundação. Emocionado, Clécio Luís disse estar grato pelos votos e prometeu que não envergonhará Macapá, em referência ao prefeito Roberto Góes, preso na Operação Mãos Limpas. Góes tinha o apoio do ex-presidente Lula e do grupo de José Sarney. / ALCINÉA CAVALCANTE, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.