PSDB vence em 5 das 10 principais cidades do interior de SP

Tucanos levaram as prefeituras de Franca, Jundiaí, Piracicaba, São José dos Campos, Sorocaba

Da Redação,

06 de outubro de 2008 | 01h56

Candidatos do PSDB venceram as eleições no primeiro turno em cinco de dez principais cidades do interior de São Paulo. A legenda levou as prefeituras de Franca, Jundiaí, Piracicaba, São José dos Campos e Sorocaba. O PMDB venceu em Santos e Guarujá. A prefeitura do DEM ficou com o DEM, a de São Vicente com o PSB e a de Campinas com o PDT. São José do Rio Preto terá segundo turno. Essas são as dez cidades do interior do Estado que podiam ter segundo turno.   Em Campinas, o candidato do PDT, Dr. Hélio, venceu com cerca de 67% dos votos. Até às 1h41, 99,89% dos votos estavam apurados e apontavam que o candidato tucano, Carlos Sampaio, aparecia em segundo lugar, com 14,08% da preferência do eleitorado.   Na Baixada Santista, as duas principais prefeituras ficaram com o PMDB, que venceram em Santos e no Guarujá. O candidato do PMDB em Santos, João Paulo Tavares Papa, venceu as eleições no primeiro turno. Com 99,89% dos votos apurados, ele tinha 77,22% dos votos, contra 13,21% de Maria Lucia Prandi (PT). As urnas confirmaram os dados das pesquisas, que mostravam o peemedebista com uma grande vantagem em relação à candidata do PT. No Guarujá, a candidata do PMDB, Professora Antonieta, venceu no primeiro turno e deixou o atual prefeito, Farid Madi (PT), em segundo lugar.   Também na Baixada Santista, Tércio Garcia (PSB) se elegeu prefeito de São Vicente. Em segundo lugar, ficou o candidato Raimundo Oliveira (PMN). Em São José dos Campos, o candidato tucano, Eduardo Cury, venceu com 56,27% dos votos, contra 40,25% de Carlinhos Almeida (PT).   O PSDB também levou a prefeitura de Franca, Jundiaí, Piracicaba e Sorocaba. Em Franca, Sidney Rocha se elegeu com 66,91% dos votos, contra 26,94% de Gilson Pelizardo (PT). Miguel Haddad foi escolhido prefeito de Jundiaí. Com 99,22% dos votos apurados, ele somava 97.958 (50,31%), contra 67.931 (34,89%) de Pedro Bigardi, da coligação "Jundiaí Quer Novas Idéias" (PCdoB).   Em Piracicaba, o candidato tucano Barjas Negri teve uma vitória folgada e venceu com 88,24% dos votos. Boldrin (PT) ficou em segundo e teve apenas 6,26% da preferência do eleitorado. O também tucano Vitor Lippi também se elegeu com folga em Sorocaba e obteve 79,35% dos votos, contra 12,7% de Hamilton Pereira (PT).   Dárcy Vieira (DEM) venceu em Ribeirão Preto e se tornou a primeira mulher eleita para a prefeitura da cidade. Ela obteve 52,04% dos votos e deixou Welson Gasparini (PSDB) em segundo lugar, com 32,89% dos votos.   Das grandes cidades do interior de São Paulo que podiam ter segundo turno, a votação vai acontecer apenas em São José do Rio Preto, onde o candidato do PSB, Valdomiro Lopes, vai enfrentar o petista João Paulo Rillo. Valdomiro Lopes teve 40,02% dos votos, contra 28,91% de João Paulo Rillo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.