PSDB ganha maioria das Prefeituras de Roraima

Candidato do partido derrotou em Pacaraima o prefeito contra a desocupação da reserva Raposa Serra do Sol

da redação,

05 de outubro de 2008 | 23h18

Apesar de não vencer na capital de Roraima, Boa Vista, o PSDB venceu na maioria das Prefeituras de Roraima - inclusive da cidade de Pacaraima, palco da disputa na terra indígena Raposa Serra do Sol. O partido tucano derrotou o atual prefeito da cidade Paulo César Quartiero (DEM), que ganhou destaque ao liderar o movimento de resistência à desocupação da reserva. O PSDB elegeu 7 candidatos entre os 15 municípios do Estado. O segundo partido que mais elegeu representantes foi o PR, com 2 eleitos. Os partidos PC do B, PMDB, PT, PDT e PSB conquistaram uma Prefeitura cada - o último reelegeu o prefeito de Boa Vista.   Veja também: Prefeito de Boa Vista é reeleito com 54% dos votos A disputa pelas capitais   Confira as imagens da votação pelo Brasil Cobertura completa das eleições 2008 Eu prometo: Veja as promessas de campanha dos candidatos     O líder arrozeiro e prefeito de Pacaraima, Quartiero, do DEM, perdeu a eleição para o segundo mandato. O candidato da oposição, Altemir Campos (PSDB) venceu com 51,04% dos votos, contra 47,07 de Quartiero. O prefeito derrotado ganhou destaque nacional por liderar um movimento de contra a desocupação da Raposa Serra do Sol. Com a ação, ele conseguiu levar a questão para o Supremo Tribunal Federal (STF).   O julgamento começou no dia 27 de agosto mas foi suspenso pelo pedido de vista do ministro Menezes Direito. O relator da ação, o ministro Carlos Ayres Britto, votou a favor da expulsão dos arrozeiros e todos os não-índios que permanecem no local. Pela manhã, Quartiero votou na Vila Surumu, palco dos conflitos. Ele não foi localizado para comentar a derrota.   O prefeito de Boa Vista, Iradilson Sampaio (PSB), foi reeleito com 54,35% dos votos. O segundo colocado, o deputado federal Luciano Castro (PR), obteve 41,64% da preferência dos eleitores. A abstenção foi de quase 17%. O presidente do Tribunal Regional Eleitoral, desembargador Almiro Padilha, disse que esta foi uma das eleições mais tranqüilas dos últimos anos em Roraima. "A tranqüilidade superou nossas expectativas".   (Com Loide Gomes, de O Estado de S. Paulo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.